Assessoria Câmara de Sinop

Mesmo com a reforma do telhado orçada em R$ 640 mil e a devolução de R$ 145 mil para a prefeitura, já feita ao longo do ano, a Câmara Municipal de Sinop irá devolver R$ 1.014.251,36 para o Poder Executivo municipal investir em asfalto e tubulação no ano que vem. O valor é parte do duodécimo do Legislativo e fruto de uma economia feita pela Mesa Diretora da Casa na gestão de pessoal, energia elétrica, telefone e bens de consumo.

Apesar de o dinheiro ter origem no Legislativo, o presidente Ademir Bortoli (PMDB), explicou que os vereadores não têm condições legais de determinar onde ele será aplicado pela prefeitura, mas podem sugerir a destinação ao Poder Executivo.

"Propomos que o dinheiro seja investido em pavimentação asfáltica e tubulação na Estrada Jacinta e pavimentação asfáltica no Setor Industrial Norte, nas ruas Ipomeias e restante da Criselíneas e Colombinas. Nós temos como fazer essa sugestão, mas a prefeitura tem a prerrogativa de usar o dinheiro como decidir", explicou o vereador.

De acordo com Bortoli, a devolução é possível graças à economia feita durante o ano. Como exemplo, ele cita aproximadamente R$ 100 mil só com energia elétrica após a troca de lâmpadas incandescentes por LED, o corte dos telefones celulares dos vereadores que eram pagos pela Câmara, redução no consumo de papel com a disponibilização da pauta das sessões online e a redução com a folha de pagamento, já que não foram preenchidos todos os cargos comissionados que constam no lotacionograma.

"Essa é uma gestão que fizemos e não foi sozinho. Tenho que agradecer aos funcionários, aos assessores e aos vereadores que entenderam esta necessidade e que colaboraram para isso acontecer", declarou o parlamentar.

A vontade de economizar não impediu os investimentos. Neste ano, o telhado do prédio da Câmara, que sofria com goteiras desde a inauguração, foi todo reformado, assim como o forro e o piso. Também com o orçamento deste ano, já foi contratado o projeto para instalação de energia solar em 2018, o projeto estrutural da garagem, com capacidade para suportar 12 toneladas de placas solares, além do próprio peso, e as caixas de som especiais para melhorar a acústica do plenário.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar